Compartilhe este conteúdo:

Com a pandemia do novo coronavírus e o isolamento social, a transformação digital tornou-se uma realidade para muitas empresas. O modelo do home office foi uma das alternativas adotadas para tentar conter o avanço da contaminação.

O mercado de TI também adotou mudanças significativas, principalmente com tecnologias que fazem parte do dia a dia das companhias, como, por exemplo, softwares de videoconferências, serviços de nuvem e cybersegurança.

Nesse artigo, iremos abordar as mudanças do mercado de tecnologia, quais perfis profissionais são esperados e a transformação nas formas de contratar esses candidatos. Confira!

As principais mudanças do mercado de TI na pós-pandemia

Ao longo dos anos, os sistemas de trabalho sofreram várias mudanças e, sem dúvida, umas das mais importantes foi o surgimento do home office. Se antes esse modelo era aceito com ressalvas por organizações e profissionais, com a pandemia, para não paralisar totalmente as atividades, todo mundo teve que se adaptar ao trabalho remoto, especialmente as empresas de tecnologia.

O trabalho remoto traz benefícios tanto para empresas quanto para colaboradores. Se bem estruturado, reduz custos, melhora a produtividade e os relacionamentos profissionais/pessoais.

A tecnologia tem sido uma aliada poderosa e cada vez mais essencial nesse cenário. Diversos recursos, inovações e soluções tecnológicas permitem que os colaboradores continuem executando e entregando suas tarefas mesmo distantes da empresa.

O Cloud Computing é o grande destaque! Graças as funcionalidades oferecidas por esta solução, os colaboradores conseguem acessar os dados e sistemas corporativos da sua própria casa. E a tendência da computação em nuvem deve continuar crescendo mesmo depois da pandemia do novo coronavírus.

Vale ressaltar que, nesse novo mundo pós-pandemia, as empresas estarão cada vez mais centralizando os recursos de TI na nuvem, reduzindo custos operacionais e obtendo facilidades como atualização de novas versões dos programas utilizados, backups e manutenção dos sistemas mais frequentes.

Mesmo antes da pandemia, para qualquer empresa é fundamental contar com profissionais qualificados, capazes de desenvolverem soluções adequadas as necessidades de cada negócio e garantindo o seu diferencial no mercado de TI.

Uma das formas mais eficazes de atrair e reter esses colaboradores, e ainda sem preocupação com delimitações geográficas, é justamente o modelo home office, ainda que em part time.

Segundo especialistas do setor de recrutamento, a perspectiva para os profissionais da área de tecnologia é boa porque já eram globais, agora são ainda mais. Em relação ao perfil, os profissionais mais procurados são os desenvolvedores, os que prestam suporte técnico e os administradores de bancos de dados (DBA).

Entenda quais são os perfis mais procurados no mercado de TI

Não foram só os modelos de trabalho que se ajustaram a essa nova realidade. O mercado de TI também adaptou o seu olhar para as competências procuradas nos profissionais.

Antes da pandemia, os profissionais mais valorizados eram os que tinham as melhores habilidades técnicas. No chamado novo normal, as soft skills serão mais evidenciadas e valorizadas.

Veja abaixo as características profissionais em TI que serão diferenciais no pós-pandemia:

Empatia: Ter essa habilidade é fundamental para o profissional de TI. Entender o que o cliente precisa e qual a situação que ele está vivenciando pode ser a chave para o sucesso profissional.

Inteligência emocional: Depois de um longo isolamento social, as relações pessoais irão se transformar. As novas relações profissionais exigirão autoconhecimento, transparência e autocontrole. A inteligência emocional é um ponto forte em uma área cada vez mais competitiva e em constante transformação.

Proatividade: O profissional proativo terá grandes oportunidades dentro do mercado de TI. Estar atento às demandas, oferecer suporte ou até sugestões para solucionar os mais diversos problemas, mesmo que não tenham necessariamente ver com a área de tecnologia, são atitudes que demonstram interesse com o resultado de todo processo, o que, consequentemente, valoriza ainda mais o profissional.

Resiliência: O profissional de TI precisa ser capaz de suportar pressão e situações adversas no ambiente de trabalho e manter boa performance e resultados.

Adaptabilidade: A capacidade de se adaptar rapidamente frente às mudanças é essencial para os profissionais de TI, ainda mais porque vivemos em um mundo no qual a tecnologia se inova constantemente.

Criatividade: O TI criativo é capaz de encontrar soluções para tornar os processos mais práticos, econômicos e rápidos. É importante ressaltar que ser criativo é realmente “pensar fora da caixa”, enxergando as possibilidades que os outros não estão vendo.

Organização: A organização é outra habilidade muito valorizada nos profissionais de TI. Estação de trabalho bem organizada facilita o seu trabalho e o da sua equipe.

Foco: Foco e concentração são duas habilidades muito importantes para qualquer profissional. É necessário ser capaz de se manter concentrado em um projeto e terminá-lo, sem se desviar para outras atividades.

Mas afinal, a forma de contratação dos profissionais também mudou?

A pandemia também trouxe mudanças significativas na seleção e contratação de profissionais que também incorporaram as ferramentas digitais.

No mercado de TI atual, o grande desafio é a busca do perfil ideal e a retenção destes talentos. Para isso, muitas empresas têm adotado ferramentas de marketing de conteúdo para engajamento de futuros colaboradores que compartilhem dos mesmos ideais da organização.

O Inbound Recruting é a estratégia do momento no universo do recrutamento e seleção. Adaptado do Inbound Marketing, essa metodologia nada mais é do que uma estratégia de recrutamento na qual a empresa proativamente e continuamente atrai potenciais colaboradores.

O objetivo é atrair e engajar os profissionais mais alinhados com o perfil do negócio e fazer com que concorram as vagas disponíveis na empresa. Todo esse processo é feito por meio de produção de conteúdo em postagens de anúncios em páginas e sites específicos voltados a carreira profissional, mídias sociais e e-mail marketing, entre outros.

Confira dicas para aproveitar as novas oportunidades

Assim como a forma de contratação das empresas mudou, o modo de procura por novas oportunidades também. A tecnologia é a grande responsável por toda essa transformação, estar conectado pode ajudar os profissionais a conquistarem a tão sonhada oportunidade!

Confira algumas dicas:

Persistência: Persistir e não desistir nunca foi tão importante quanto no mundo atual. Procure por uma recolocação profissional nos meios digitais, principalmente os especializados em carreira e recolocação.

Cursos e especializações: Faça cursos livres e especializações na sua área de formação. Existem muitos cursos e materiais gratuitos espalhados pela internet. Além do repertório intelectual, novas habilidades agregam mais valor ao currículo.

Envolva-se no LinkedIn: O LinkedIn é a principal rede social para todos os profissionais do mundo. Como em qualquer lugar, nessa plataforma a concorrência também é acirrada! Por isso, é necessário ter um perfil mais completo possível, fazer postagens regulares na rede, seguir profissionais e empresas da sua área e verificar regularmente as vagas enviadas pelo e-mail.

Não há dúvida de que a pandemia acelerou a transformação digital no mercado de TI. O modelo do home office, a recolocação e contratação por meios digitais são mudanças que vieram para ficar!

Com mais de 30 anos de atuação, a Teletex é especialista em tecnologia da informação. A nossa empresa aposta em soluções de atendimento completas, desenvolvendo projetos personalizados para cada ambiente de acordo com as necessidades e tipos de negócio.

Entre em contato conosco e diga como podemos ajudá-lo!