Compartilhe este conteúdo:

Para ouvir este post post, clique no play abaixo!

Quanto mais dados são consumidos dentro do dia a dia das empresas, seja criando, como armazenamento ou processando-os, mais se exige de sua própria infraestrutura de TI. Esse é um dos principais dilemas das empresas atuais, que se veem em busca de soluções modernas capazes de ajudá-las nesses três pilares do trato com dados. É aí que surge a hiperconvergência.

Uma pesquisa com empresas americanas descobriu que, em 2019, cerca de 84% delas moveu suas cargas de trabalho para a nuvem. O movimento foi cirúrgico e com um motivo bem simples: redução de custos.

Acontece que, quanto maior a necessidade de expansão da sua infraestrutura de TI — seja para armazenamento, processamento e virtualização de dados — mais cara a “brincadeira” fica.

E provavelmente essa seja uma realidade na sua empresa, leitor(a).

Você provavelmente está adiantado no processo de Transformação Digital, investindo em novas tecnologias para seu negócio. Elas funcionam, o que é ótimo! Porém, o ecossistema todo precisa contribuir.

Isso quer dizer que uma infraestrutura de TI tradicional, como no seu caso, deve também ser atualizada. Afinal, é preciso justamente gerar equilíbrio entre o armazenamento, processamento e virtualização.

Porém, isso custa caro. A compra de hardware, como é popular, é custosa. Além disso, a descentralização desses três pilares da sua infraestrutura pode gerar ruídos na gestão tecnológica.

A boa notícia aqui é a existência de uma tecnologia chamada de hiperconvergência, específica para resolver esses problemas e otimizar a infraestrutura de TI das empresas.

Quer conhecer mais sobre ela? Continue a leitura!

O que é hiperconvergência?

A hiperconvergência é um tipo de infraestrutura de TI capaz de combinar armazenamento, processamento e virtualização (computação e rede) em um só sistema. Sua abordagem de construção é conhecida por ser “em blocos”. Assim, a empresa adiciona recursos (nós ou clusters) no sistema conforme a demanda.

Lembra que comentamos do quão “travado” pode ser o processo de atualização de um data center convencional? Esse é um dos problemas que a empresa não tem ao apostar na tecnologia da hiperconvergência.

Dessa forma, uma infraestrutura hiperconvergente oferece a possibilidade de uma gestão integrada e facilitada do banco de dados. Ou seja, além de transparente, é uma alternativa válida pois está alinhada com as necessidades de escalabilidade atuais.

Além disso, é importante mencionar que as infraestruturas hiperconvergentes podem seguir o modelo “software-only”. Ou seja, inteiramente baseadas em software (em seu armazenamento, processamento e virtualização) com um programa de gestão para controle total — operacional incluso.

Além disso, há ofertas HW+SW ou appliance. Não conhece? São aquelas que misturam hardware (HW) com software (SW). Ou seja, um dispositivo (hardware) dedicado, com um software próprio integrado.

Principais benefícios da arquitetura hiperconvergente

Mas afinal, o que de bom pode-se destacar de uma arquitetura hiperconvergente? Se comparada com a convergente, ganha tanto assim? Bom, aqui nós explicamos. Veja só:

Eficiência operacional

De forma bem objetiva, a hiperconvergência permite a implementação de incontáveis cargas de trabalho em uma única pool de recursos compartilhados. Dessa forma, mesmo assim, não se vê grandes impactos em seu desempenho.

A tecnologia permite que dispositivos de armazenamento (como SSD/NVMe de qualquer marca) seja equipado, potencializando sua capacidade e ainda mesclando soluções ágeis ao sistema. Por se tratar de um ambiente completo, ele próprio se encarrega de atribuições próprias de processamento e armazenamento.

Um ganho interessantíssimo em eficiência através da automatização, tirando “o peso dos ombros” da sua equipe de TI, que pode focar tranquilamente nas demandas do negócio.

Redução de gastos com armazenamento

Com o sistema de blocos, você desenvolve uma infraestrutura adequada para as necessidades atuais do seu negócio. Assim, gasta apenas com aquilo que realmente precisa, otimizando seus gastos com armazenamento.

Ainda assim, a flexibilidade de uma arquitetura escalável se encontra aqui: com a adição de novos blocos, você pode escalar o sistema, proporcionando o crescimento necessário.

Capacidade de dimensionamento

Com tudo isso, destaca-se por último a alta capacidade de dimensionamento do sistema hiperconvergente.

Além da gestão completa da infraestrutura ser integrada, geralmente possibilitada através de um único aplicativo, é ainda possível dimensionar sua capacidade conforme necessário, apenas adicionando mais blocos quando for necessário.

A infraestrutura hiperconvergente é a mais adequada para sua empresa?

No entanto, antes de tomar qualquer decisão, é preciso compreender a fundo o que você dispõe quando investe na hiperconvergência. Isto é, para algumas empresas, ela pode não ser a solução mais adequada.

Quando falamos, logo acima, sobre a liberdade de interferir no dimensionamento do sistemas, também devemos considerar algumas limitações. Em outras palavras, quando você precisa de mais armazenamento, os blocos que adicionar também vão aumentar a capacidade de outros recursos, como processamento.

Eles estão ligados justamente na sua base, para que funcionem juntos como um verdadeiro ecossistema. A boa notícia é que algumas empresas de plataformas hiperconvergente já estão criando blocos específicos, o que permite uma maior personalização do sistema.

A importância de contar com um parceiro especializado em TI

É claro que, antes de embarcar na jornada da hiperconvergência, é preciso de grande expertise por trás. Trata-se de um grande e importante passo — e estar corretamente assessorado é essencial.

Afinal, a hiperconvergência trata-se principalmente de criar um projeto de infraestrutura customizado de acordo com as necessidades do seu negócio.

E esse aspecto “tailormade”, sob medida, deve ser realizado com know-how de especialistas.

E é justamente aqui que a Teletex entra!

Há mais de 30 anos no mercado, a Teletex se destaca no desenvolvimento de projetos personalizados, integrando soluções e serviços de tecnologia inovadores. Aliado a esse potencial operacional, seu braço estratégico é sustentado por uma base de colaboradores qualificados — além de parcerias com os principais players do mercado.

Que tal deixar a Teletex, em conjunto com sua empresa, esteja à frente dessa transformação, implementando a tecnologia de hiperconvergência?

Marque agora mesmo uma reunião com nossos especialistas!