Compartilhe este conteúdo:

Não deixe de ouvir este conteúdo! Basta apertar o play.

No mundo globalizado e tecnológico, é cada vez mais necessário pensar, debater e criar estratégias com soluções para proteger as empresas de ataques cibernéticos, já que os cibercriminosos aprimoram continuamente suas habilidades e técnicas. Para proteger os dados da sua empresa é preciso investir em cibersegurança, mas você sabe o que significa esse termo? Cibersegurança é um conjunto de estratégias para proteger hardwaressoftwares e outros sistemas que são conectados à internet. Diante de todos os ataques possíveis, investir em cibersegurança é fundamental para manter a sua empresa sadia e segura.  

Os números não são muito animadores: quatro em cada dez empresas sofreram algum tipo de ataque cibernético em 2020. Porém apenas 31% delas utilizavam alguma solução que identificasse e protegesse a empresa desse tipo de ataque. É o cenário perfeito para os cibercriminosos.  

Pequenas e médias empresas também precisam se proteger  

Não se engane pensando que os ataques virtuais são direcionados apenas a grandes empresas. Atualmente esse tipo de crime acontece bastante com empresas de pequeno e médio porte, muitas vezes por falta de investimento em cibersegurança.  

Se um hacker conseguir acessar seu sistema, pode obter informações confidenciais e importantes, apagá-las ou utilizá-las indevidamente, de modo que, toda a sua credibilidade e do seu negócio são colocadas em prova. Diante dessa possibilidade, torna-se muito importante para as empresas se protegerem de ataques cibernéticos e trabalharem com a segurança dos dados, independente do seu tamanho.  

Quais os prejuízos de ataques cibernéticos? 

Em primeiro lugar, é preciso reconhecer que o ataque de hackers, por menor que seja, causa um grande impacto em uma empresa, como já mencionamos, pois a credibilidade da empresa fica fragilizada, mas não é apenas isso. Com a entrada da LGPD em vigor, multas poderão ser aplicadas em casos de vazamento de dados e, por isso, torna-se cada vez mais necessários investimentos nessa área. 

Existem vários tipos de ataques cibernéticos, mas para ilustrar o nosso raciocínio iremos citar os do tipo ransomware, que sequestram computadores e exigem pagamento para a liberação dos dados e arquivos capturados. Pense quanto sua empresa pode perder ao ficar offline por várias horas – perde financeiramente e também credibilidade frente aos seus clientes.  Dessa forma, a melhor estratégia é reduzir a vulnerabilidade e proteger a sua empresa de ataques cibernéticos. Por isso, separamos algumas dicas para manter a segurança da sua organização!

Como manter a segurança da organização?

  • Certifique-se que o sistema operacional, softwares e aplicativos usados dentro da empresa sejam originais e licenciados. Softwares piratas têm procedências duvidosas e podem comprometer seu negócio em caso de ataque de hackers, pois podem trazer para a empresa algumas brechas que facilitem o acesso remoto, possibilitando o roubo de informações bancárias, senhas, dados pessoais dos funcionários e clientes, etc.
  • Identifique quais elementos do negócio são mais vulneráveis e o que precisa ser feito para protegê-los.
  • Invista em inteligências artificiais que analisem e corrijam falhas no sistema da empresa frequentemente. A tecnologia, conforme sua evolução, também poderá prevenir novos ataques.
  • Aposte no armazenamento em cloud – esse serviço é disponibilizado na internet através de provedores de serviços (tais como Google e Microsoft, por exemplo) e é uma solução de hospedagem, sincronização e, claro, armazenamento de arquivos. O melhor desse serviço é o custo-benefício, pois a empresa não precisa investir em servidores locais em sua estrutura de Datacenter.
  • Conscientize a sua equipe sobre segurança da informação, transforme a cultura empresarial aos poucos. Grande parte dos ataques são derivados de falhas humanas.
  • Invista em soluções que fortaleçam suas linhas de defesa. No mercado existem programas antivírus e antimalware que irão aumentar a segurança da sua empresa. Um antivírus pode detectar rapidamente uma ameaça que seja baixada em um dispositivo e, em alguns casos, podem até mesmo evitar que malwares sejam instalados no computador. Enfim, o risco de ataque de hackers está sempre presente e pode acontecer a qualquer momento. 

Quais ferramentas irão ajudar a estruturar a segurança do seu negócio?

Teletex oferece soluções que irão proteger a sua empresa, por exemplo o Cisco Secure Endpoint. Quando falamos sobre segurança de endpoint, estamos falando sobre uma solução de segurança que integra recursos de prevenção (EPP), detecção e resposta (EDR) em um único pacote que alavanca o poder da inteligência contra ameaças globais e análises baseadas em nuvem. Ele permite que os funcionários trabalhem em qualquer lugar e a qualquer momento, usando notebooks da empresa ou dispositivos móveis pessoais. Você terá maior visibilidade de endpoint por toda a empresa estendida. Assim você irá proteger os funcionários dentro e fora da rede. Conheça os principais benefícios: 

  • Monitoramento e análise contínuos que tornam a detecção mais eficiente e eficaz.
  • Análise avançada automatizada para avaliar comportamentos e identificar padrões ao longo do tempo.
  • Recursos de investigação que procuram ameaças com base em eventos reais, o que ajuda sua equipe de segurança a esclarecer o escopo de um ataque.
  • Contenção simples habilitada pela capacidade de direcionar as causas raiz específicas.
  • Relatórios de painel contextuais e acionáveis ​​com base em dados analíticos e telemétricos avançados, sobrepostos por dados contextuais úteis. 

Preparado para eliminar riscos de vulnerabilidades e proteger a sua empresa de ataques cibernéticos? O Secure Endpoint identifica um software vulnerável em seu ambiente para ajudar a reduzir a superfície de ataque. Os endpoints que executam softwares vulneráveis são listados e recebem prioridade com base na pontuação CVE (Common Vulnerabilities and Exposures) do setor: quanto mais grave uma vulnerabilidade, mais proeminente ela ficará na lista. Isso fornece aos administradores uma lista de todos os hosts que precisam ser corrigidos para evitar explorações futuras. 

Não espere que a próxima ameaça encontre você, entre em contato com a nossa equipe!